Rei do Mar: peixes e rãs direto do aquário

Os aquários que ficam na entrada do Rei do Mar deixam claro que o restaurante favorece ingredientes bem frescos, alguns saídos da água para a cozinha, como as tilápias, carpas, caranguejos e rãs. Um ponto altamente positivo nesse restaurante grande, simples, espaçoso e com serviço razoável.O restaurante, na Avenida Morumbi, tem fachada imponente, com tijolos aparentes e uma entrada para carros. Depois da sucessão de aquários, há um bar ao fundo e um grande salão ao lado, com divisória de vidro, separando a área onde é montado o bufê nos almoços. Ambiente nada inspirador, com um grande painel vermelho com imagens douradas típicas. Algumas luminárias orientais não chegam a dar um ar mais típico ao restaurante. As mesas são bem espaçadas, com cadeiras simples de metal.Uma jovem de origem chinesa recepciona os clientes com educação. Os garçons têm boa vontade, mas não conhecem alguns dos pratos e não sabem descrevê-los para os clientes - o que é um problema num restaurante com receitas incomuns.Cardápio criativo - O cardápio é longo, mas bem atraente, com pratos que fogem mesmo da rotina dos restaurantes chineses, o que é um ponto positivo. A execução dos mesmos agradou. Começa com 18 sugestões do chefe, de pratos realmente variados, entre R$ 10 (pepino chinês amargo com costelinhas de porco) e R$ 90 (lagosta inteira) e segue com petiscos ou aperitivos entre R$ 5 (batatas fritas) e R$ 18 (camarão empanado com molho agridoce); 7 entradas entre R$ 12 (lombo assado com molho de mel) e R$ 45 (frios sortidos à moda chinesa); 10 sopas entre R$ 10 (de carne moída e clara de ovo) e R$ 88 (de barbatana de camarão com siri); 10 receitas com camarões entre R$ 25 (camarão fresco ao vapor) e R$ 48 (camarão grande com broto de bambu e cogumelo); 6 pratos com siris servidos inteiros (todos a R$ 25, como o siri cozido ao molho de tomate apimentado). Do aquário - O Rei do Mar oferece 16 peixes, entre os quais os que ficam nos aquários, como a tilápia (pequena, média e grande, de R$ 15 a R$ 20) e a carpa capim ao vapor com molho de soja (pequena, média e grande, de R$ 20 a R$ 25); 5 pratos com lulas (entre R$ 20 e R$ 22); 4 pratos com ostras (entre R$ 15 e R$ 18); 7 pratos com carne de boi entre R$ 12 (carne desfiada com cebola) e R$ 15 (carne desfiada com molho satay); 7 frangos (todos a R$ 12, entre os quais o sempre presente frango xadrez); 9 carnes de porco entre R$ 12 e R$ 18; 5 pratos com tofu, o queijo de soja (todos a R$ 12); 8 vegetais entre R$ 9 e R$ 27; 20 cumbucas: pratos ensopados, entre R$ 15 (picadinho de carne e tendão com nabo) e R$ 25 (carne de porco refogada com legumes na conserva) e 21 massas e pratos com arroz entre R$ 10 (macarrão com carne desfiada) e R$ 15 (macarrão com frutos do mar). No almoço, de segunda a quinta, um bufê com vários pratos a R$ 7,50. Às sextas, o bufê mais frutos do mar custa R$ 9,90.Os pratos agradaram, a começar por uma tilápia ao vapor realmente saborosa, com pouco tempero como se espera. A carne da tilápia é das melhores, mas as espinhas atrapalham um pouco. No caso da carpa, as espinhas são mais numerosas.Também excelentes as rãs cortadas em pedaços pequenos, cozidas e servidas com cebolas, talos de cebolinha e cenoura. Mais uma vez, prato delicado, com molho bem discreto, deixando o papel principal para as rãs.Gostosas mesmo as vieiras, uma das sugestões do chefe (R$ 48), feitas ao vapor e servidas no centro do prato, com outras empanadas, sequinhas, ao redor. Para acompanhar, cebola, cebolinha e cenoura, os mesmos ingredientes que vieram com as rãs. O cardápio falava em aspargos, que não apareceram. A explicação de que não havia aspargos só foi dada com o prato à mesa, o que foi uma falha do serviço.Agradaram bastante as lulas com molho de missô (R$ 22) e os camarões grandes com molho de shitake e gengibre (R$ 48). Café de coador já adoçado, terrível.Rei do Mar - Avenida Morumbi, 8558, tel.: 5533-6264.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.