Carolina Marcos Corrê/ Presidência da República
Carolina Marcos Corrê/ Presidência da República

Regina Duarte se pergunta 'o que é cultura?' em post no Instagram

A atriz Regina Duarte ainda não foi nomeada oficialmente e já enfrenta o que chamou de 'resistência ideológica'

Redação, O Estado de S. Paulo

03 de fevereiro de 2020 | 08h10

Depois da saia justa que passou por ter postado foto de atores que supostamente a apoiavam, como Carolina Ferraz, Maitê Proença e Luiz Fernando Guimarães, quando precisou apagar o post e publicou uma justificativa falando sobre a "resistência ideológica" que sofreria", a atriz Regina Duarte, futura secretária especial da Cultura, voltou ao Instagram para "pensar" sobre Cultura.

"Pensando aqui... O que é Cultura? Expressão máxima de um povo? A alma, as tradições e os costumes, a memória, as raízes de uma nação? Assim como a família é sólida quando cultiva seus valores, suas raízes e gera frutos... assim um país não deve zelar pela cultura de seu povo e seus valores?! #tamojunto! (sic)", escreveu Regina Duarte numa postagem acompanhada de imagens de pinturas de Claudio Canato.

Também no fim de semana, ela postou pinturas do gaúcho Scheffel, um pintor que até a semana anterior, como escreveu, era desconhecido para ela; e vídeos de música e outro, com um macaco em perigo, em que pedia para que as pessoas fizessem suas legendas. A dela: "Acolher é preciso". Esse vídeo foi postado depois da bronca que levou dos artistas por tê-los citado como apoiadores sem a autorização deles. Regina Duarte comemorou, sobretudo, a marca de 2 milhões de seguidores em sua conta do Instagram.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Bom dia ! Faça a sua legenda ... A minha seria... “ACOLHER é PRECISO”.

A post shared by Regina (@reginaduarte) on

Regina Duarte aceitou o convite para ser a secretária especial da Cultura de Jair Bolsonaro na quarta-feira, 29, mas até agora sua nomeação não foi publicada no Diário Oficial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.