Redescobertas mais de 500 obras de William Turner

Mais de 500 trabalhos do britânico J.M.W. Turner (1775-1851) foram redescobertos após uma longa pesquisa para catalogar toda sua obra. Até então, estes trabalhos ou não tinham sua autenticidade confirmada ou eram considerados inferiores. Alguns, ainda, eram dados como desaparecidos. Iniciativa da Tate Gallery, de Londres, o resultado da pesquisa foi parar na internet, listando mais de 2 mil pinturas e desenhos de Turner.No catálogo on-line, é possivel constatar o gigantismo da obra de Turner, que pintou paisagens, objetos, animais, retratos, monumentos e cenas do cotidiano em mais de uma dezena de países da Europa. A pesquisa, uma parceria da Tate com galerias e colecionadores particulares, durou 14 meses e não deu por encerradas as buscas: mais de 400 trabalhos ainda estão sendo procurados. Não será fácil. Boa parte deles não possui a assinatura do pintor, e muitos herdeiros ignoram possuir obras de Turner.Joseph Mallord William Turner é um dos mais importantes artistas britânicos do século 19. Começou carreira como arquiteto e estudou na Royal Academy de Londres. Aos 21 anos, exibiu seu primeiro óleo, Fishermen at Sea. Oito anos depois, abria sua própria galeria para gerenciar a venda de suas telas. Também um homem de negócios, Turner investia em títulos e propriedades e conseguiu amealhar uma fortuna razoável, que em seu testamento destinou a fundos de caridade. Seu desejo, porém, foi contestado e finalmente frustrado pelos herdeiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.