Redes querem revender horário político na parabólica

Parte do horário eleitoral vai passar em branco nas parabólicas? Bom, por determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deveria ser assim, mas já tem emissora de olho na oportunidade de faturar com essa "brecha" na programação. O TSE determinou que, durante o horário eleitoral regional (governador e deputados estaduais), as emissoras bloqueiem o sinal para as parabólicas. Explicando: as parabólicas exibem o sinal enviado pelas cabeças de rede, que inserem as propagandas em rede nacional, que vão para as retransmissoras e repetidoras nos mais variados estados e municípios. Para tentar evitar sinais invasores, com eleitores vendo campanha de candidatos de outras regiões (uma geradora em São Paulo, pode ter, por exemplo, retransmissora em outro estado), o TSE pediu o bloqueio do sinal nas parabólicas durante o horário político regional. Só vale exibir as campanhas do âmbito federal. No lugar, devem aparecer na tela os dizeres estáticos "propaganda eleitoral gratuita". De olho nesse tempo precioso, já há canais pensando em vender o espaço bloqueado para outros anunciantes. Prática, para muitos, ilegal. As emissoras, via assessoria, fogem do assunto e prometem seguir as regras da Justiça Eleitoral. Procurado, o Ministério das Comunicações - que deve vigiar essa prática - não se pronunciou.

Keila Jimenez, keila.jimenez@grupoestado.com.br, O Estado de S.Paulo

02 de agosto de 2010 | 00h00

7 milhões de telespectadores diferentes passaram pelo canal pago Viva de junho a 18 de julho, segundo medição do Ibope na TV por assinatura

"Amigos, aguardem minha próxima novela: Carraskic Park" Walcyr Carrasco, no Twitter, brincando com a promessa de ter um dinossauro em seu próximo folhetim Dinossauros e Robôs, título da próxima novela de Walcyr Carrasco, já foi registrado pela Globo.

A ABTA, maior evento da TV por assinatura no País, terá uma ausência importante este ano: Luiz Eduardo Baptista (Bap), presidente da Sky, que até o final da semana passada garantia que não iria.

A ausência de Bap abre espaço para as mais diferentes especulações do mercado, que passam até por rompimento com os parceiros do setor.

Procurada, a assessoria da SKY diz que a operadora, como sócia ativa da ABTA, estará presente no evento. Porém, optou por não montar um stand na feira este ano.

Sem maiores explicações, a Band resolveu adiar, para o final do ano, a estreia de série Anjos do Sexo. A produção estava com tudo certo para estrear em agosto.

Já a nova atração de Márcia Goldschmidt, aos sábados, tem a promessa de sair ainda este mês.

Até semana passada, por conta da aproximação do horário eleitoral gratuito, o GNT ainda não sabia como ficaria sua grade de programação de agosto. A confusão se repete em vários canais pagos.

Separação, série de Alexandre Machado e Fernanda Young, fica na Globo até setembro. Ganhou uma esticadinha.

A quem interessar possa. a palavra italiana protagonista de Passione, "esquifosa", significa: nojenta, repugnante.

A produção de Gugu e a direção do Câmera Record andaram se desentendendo dias atrás. Tudo por conta de uma homenagem que seria feita no Programa de Gugu e precisava da liberação de algumas reportagens do jornalístico. O caso foi parar na direção de jornalismo da Record.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.