Rede TV! diz que interrupção é risível

O vice-presidente da Rede TV!, Marcelo de Carvalho, disse agora há pouco que considera "risível a atitude do sindicato dos radialistas" que tirou a emissora do ar entre 20h e 22h desta sexta-feira. "Isso é desespero de causa", disse referindo-se ao fato de a Rede TV! não ter sido considerada sucessora da extinta tevê Manchete, segundo decisão da 1ª Câmara Civil do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, concedida por cinco votos a zero, anteontem.Segundo Carvalho, como a emissora não foi considerada pela Justiça como sucessora da Manchete, não tem responsabilidade pelas dívidas da antiga rede de televisão. Por causa de salários com sete meses de atraso e outros benefícios trabalhistas não cumpridos, cerca de 60 ex-funcionários da Manchete invadiram hoje uma das torres de transmissão da Rede TV!, no bairro de Sumaré.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.