Rede Globo demite humoristas

A Globo estaria promovendo uma dança de cadeiras em seus programas humorísticos. Segundo produtores da emissora, a rede teria dispensado este mês quase 30 profissionais. A maioria deles seria de atores ligados aos programas Sai de Baixo, que será extinto, Escolinha do Professor Raimundo, já fora do ar, e Zorra Total, que está passando por reformulações. Entre os que não teriam renovado contrato com a Globo estão o humorista Agildo Ribeiro, a atriz Elaine Mickeli e boa parte do elenco da Escolinha do Professor Raimundo, que deixou a programação da emissora no dia 31 de dezembro. O próprio Chico Anysio, que tem contrato com a rede até 2004, tratou de se ajeitar na próxima novela das 8 da Globo, Uê Paisano. O humorista já ganhou um papel na trama de Benedito Ruy Barbosa. Alguns dos motivos das demissões seriam o corte de custos nas produções, iniciado pela rede no fim do ano passado, além da reformulação e extinção de alguns quadros nos programas de humor. A maior parte das produções foi instruída a rever os orçamentos para 2002 e a cortar os excessos. O ano passado não foi bom para as emissoras, em termos de faturamento. Segundo dados do Ibope, o volume de anúncios em TV caiu cerca de 14% no primeiro trimestre de 2001, em relação ao ano anterior. A Globo, por meio de sua assessoria de imprensa, nega o corte nos humorísticos e afirma que se alguns profissionais estão deixando a emissora, é por causa da reformulação artística das atrações e negociações contratuais de rotina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.