Rede Brasil põe "Turma do Pererê" no ar hoje

Após três anos na gaveta, a Rede Brasil lança hoje, às 11h30, a série A Turma do Pererê, uma adaptação para a TV dos quadrinhos de Ziraldo. A demora na exibição deve-se ao principal problema que as TVs educativas enfrentam: a falta de verba. Filmado em película de 16mm, na cidade mineira de Tiradentes, a série de 20 episódios começou a ser feita em dezembro de 1998, com orçamento de R$ 1,5 milhão. Segundo a diretora do programa, Sonia Garcia, já tinha sido gasto R$ 1,2 milhão quando o dinheiro parou de entrar. Em vez de apenas animar os quadrinhos de Ziraldo, Sonia preferiu dar vida aos personagens com um elenco basicamente infantil. A carnavalesca tri-campeã da Imperatriz Leopoldinense, Rosa Magalhães, assina a direção de arte. "A emissora tem uma equipe empenhada, mas que ficou quase cinco anos apenas repetindo os programas da Cultura", afirmou o atual diretor da Rede Brasil, Fernando Barbosa Lima. Segundo ele, a Rede Brasil tem orçamento de R$ 13 milhões/ ano, contra R$ 60 milhões/ano da TV Cultura. "Se eu tivesse a mesma verba que eles, colocaria a Rede Brasil em terceiro lugar na audiência", provocou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.