Record tem novo presidente

A Rede Record anunciou hoje que o bispo da Igreja Universal Honorilton Gonçalves não é mais o presidente da emissora. A partir de agora ele se torna conselheiro da emissora. Em seu lugar entra Dennis Munhoz, que era vice-presidente desde fevereiro do ano passado. Munhoz também é integrante da Igreja Universal, mas não tem título de pastor ou bispo. O bispo Honorilton Gonçalves presidiu a Record por seis anos. Desde o ano passado, segundo a assessoria da emissora, a diretoria da empresa já discutia formas para que Honorilton deixasse a presidência. Como conselheiro, Honorilton não pertence mais ao quadro de diretores da Record. Antes de ocupar a presidência, ele fora apresentador do programa religioso 25ª Hora. Dennis Munhoz terá pela frente a responsabilidade de administrar a rede de TV em um momento de redução de despesas. Dennis Munhoz é formado em direito e está na Record desde 1999, depois de uma passagem pela rede Mulher. Em menos de um ano, acumulou as diretorias Jurídica, de Recursos Humanos e Contabilidade. A vice-presidência passa a ser ocupada por Marcos Antônio Pereira.

Agencia Estado,

07 de janeiro de 2003 | 19h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.