Record ressuscita Supermarket

Ricardo Côrte Real está rindo à toa. Depois de ficar dois anos fora do vídeo, há dois meses ele foi escolhido para substituir Rosana Hermann no programa de entrevistas Via Satélite, da Rede Mulher, e, nesta semana, voltou a apresentar o Supermarket, atração exibida durante cinco anos na Band e que saiu do ar em 1998. O game promovido dentro de um supermercado fictício retornou esta semana como um dos quadros do programa Note & Anote, apresentado por Claudete Troiano, na Record, de segunda a sexta-feira, a partir das 14h. Foram cinco anos no ar e 1.276 programas, lembra o ator, que garante ser constantemente questionado sobre a volta do programa. Sempre me perguntam quando é que vou voltar a fazer o Supermarket e agora a Record resolveu retomar o projeto e investir na atração, conta. Dirigido por Tereza Guimarães, que também assinava a atração na Band, Supermarket está reformulado, mas de acordo com o apresentador, ficou próximo do que era feito na primeira fase do programa. Côrte Real lembra que o formato do programa veio dos Estados Unidos, que já exibe uma atração parecida há 35 anos. O game consiste em promover uma gincana entre três duplas, que disputam vários prêmios. Conforme ampliarmos o número de patrocinadores, os prêmios vão melhorando, adianta o apresentador, que há 15 dias também comandou o Top TV Especial em homenagem aos 50 anos da televisão. Sem um horário fixo para ser exibido, Supermarket terá 24 minutos de duração, e entrará diariamente no Note & Anote. As provas da gincana consistem em testar os conhecimentos dos participantes sobre preços, marcas e dados gerais sobre produtos encontrados nos supermercados. Apenas uma dupla chega à final, que pode levar para casa um refrigerador e um freezer. Para participar da brincadeira, basta inscrever-se pelo telefone (11) 3661-6705. Papai sabe nada - Além de comandar os dois programas nas emissoras pertencentes ao mesmo grupo, Côrte Real continua com seu grupo vocal Peças Originais, que se apresenta num show chamado A Voz da TV. Cantamos a história da televisão, desde a era do rádio, até aqueles seriados e desenhos famosos, reforça o também publicitário. A história de Ricardo com a televisão começou cedo, quando tinha apenas 10 anos. Ao lado do pai, Renato Côrte Real, da mãe, Bisu (Tereza Ferreira Real) e do irmão Renato Ferreira Côrte Real, Ricardo estreou no seriado Papai Sabe Nada, em 1966. Foi a segunda sitcom brasileira. A primeira foi o Alô, Doçura, com a Eva Wilma e o Johnny Herbert, salienta. O seriado feito pela família Côrte Real ficou quatro anos no ar e contou com a participação de outros nomes famosos, como Adoniram Barbosa, Durval de Souza e Jô Soares, que fez algumas participações especiais no programa. Ricardo e Jô se encontrariam mais tarde em outro seriado que marcaria época: Família Trapo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.