Record produz game social com formandos

Uma competição entre universitários, divididos em duas equipes de formandos de cursos diversos, colocará em jogo o desafio de transformar a realidade de crianças de até 8 anos de idade de duas regiões carentes brasileiras. Os times terão um prazo para planejar e executar ações sociais, incluindo arrecadação de recursos e parcerias. Assim reza o menu de Formando o Brasil, programa em fase de pré-produção na Record para ir ao ar nas noites de sábado, após o Legendários. As comunidades a serem transformadas serão escolhidas pela Ressoar, instituição ligada à Record e destinada a ações sociais. O programa estreia em maio e seu resultado ficará nas mãos de um corpo de jurados a ser definido.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

18 Fevereiro 2013 | 02h08

Mais conteúdo sobre:
Cristina Padiglione

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.