Record exibe emocionante "Antes da Chuva"

Não perca a chance de conhecer a co-produção anglo-macedônica Antes da Chuva, a maior surpresa da 18.ª Mostra Internacional de Cinema, na qual ganhou um merecido prêmio do público, pouco depois de ter vencido o Festival de Veneza. Uma pequena obra-prima, cuja gênese é semelhante ao romance Vidas Secas, de Graciliano Ramos, ou seja, foi pensado com o três histórias separadas, mas que juntas formam um círculo coeso, um libelo contra a estupidez da guerra. Tudo começa quando um jovem monge esconde em seu quarto uma garota albanesa fugitiva, por quem acaba se apaixonando. Sob o pano de fundo do conflito étnico e religioso que dividiu a Iugoslávia, o filme é de rara e emocionante beleza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.