Record e SBT se unem na briga por verba federal

Os superintendentes comerciais do SBT e da Record resolveram unir forças em prol da negociação da distribuição das verbas da propaganda do governo entre as redes. A divisão atual e que está sendo questionada é a de 70% da verba para a Globo. Os outros 30% são distribuídos entre os demais. A briga é para que a fatia abocanhada pelos canais menores cresça para 50%, sobrando apenas 50% para a Globo. É claro que a rede dos Marinhos não quer nem ouvir falar no assunto. Para defender os interesses do grupo, Walter Zagari, da Record, promete endossar, em Brasília, o coro de Guilherme Stoliar, do SBT, que diz que todas as redes juntas, tirando a Globo, somam 50% de share (participação no total de TVs ligadas). Portanto, merecem 50% da verba do governo. A briga vai longe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.