Record copia estratégia da Globo

Não estranhe se a partir de hoje você ligar na Record e der de cara com Paulo Betti cozinhando no Note & Anote, se Bóris Casoy resolver entrevistar Luciano Szafir e no júri de Raul Gil estiverem sentados: Joana Fomm e Luciana Adami. Isso faz parte da nova estratégia de marketing da Record para o lançamento da novela Metamorphoses: fazer o elenco da trama interagir com todo o resto da programação. A estratégia da agência da Record, a Calia Assumpção, segue a mesma linha adotada pela Globo no lançamento de seus programas: usar a sua audiência e a grade de programação para a chamar atenção para os seus lançamentos. O primeiro passo nesse rumo, que se estenderá para todos os lançamentos em 2004 da emissora, será dado no domingo, às 20h, com o primeiro capítulo de Metamorphoses. A novela será lançada no domingo, mas depois volta ao "normal", de segunda à sexta. "Para alcançar o segundo lugar em audiência, temos de quebrar paradigmas, arriscar", diz o diretor de Marketing Wilton Madeira. "Sabemos que há um público feminino forte num horário que tem sempre as mesmas opções. Vamos oferecer algo diferente, só podemos brigar com a concorrência indo na contramão", diz o diretor Artístico da emissora, Del Rangel. Durante pelo menos duas semanas, a partir de amanhã, a emissora estará utilizando os atores da trama, imagens de bastidores, entrevista com diretores da novela em todas as suas outras atrações. "Faremos uma grande festa de lançamento no dia 14, onde todo o elenco estará reunido para assistir ao primeiro capítulo da novela", conta Madeira, da Record. "Teremos links nos programas dessa festa e estamos espalhando pela cidade cerca de mil outdoors de Metamorphoses. É uma ação de marketing agressiva, pois os outros lançamentos do mercado costumam ocupar 500 outdoors."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.