Receita apetitosa de uma cozinha global

Receita apetitosa de uma cozinha global

Um guitarrista alemão, que toca flamenco com influências de funk, jazz e música indiana (Steven Pfeffer), e um roqueiro grego bom de blues (Pavlos Sidiropoulos) num filme alemão de um descendente de turcos. Trata-se da trilha da ótima comédia Soul Kitchen, de Fatih Akin, em cartaz em São Paulo. Expert no assunto, Akin, autor do excelente documentário Atravessando a Ponte, sobre os sons modernos de Istambul, é um para-raio do conceito de "música do mundo" e um mestre na arte de montar trilhas. Seu filme é recheado de maravilhas obscuras do funk, do soul, do latin jazz e do reggae, e expande o universo sonoro para o rock alemão e a latinidade cafona de La Paloma, que pontua a trama. Como diz o hilário e sisudo chef de cozinha do filme, "os ignorantes só comem o que conhecem". Vamos, pois, apreciar as receitas dessa cozinha sonora com tempero global, como Arcilla, com Pfeffer. O CD só saiu na Alemanha, Turquia e Grécia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.