Recados

Do jeito que vai, os últimos seres humanos a escrever "à mão" serão os grafiteiros. Todas as outras formas de escrita, fora o computador e a lata de spray, estarão obsoletas em pouco tempo. Uma razão para se saudar a moda de deixar recados em adesivos colados na porta da geladeira, talvez o último suspiro da caligrafia antes de desaparecer para sempre.

Verissimo,

27 de abril de 2014 | 02h12

*

Se os adesivos de porta de geladeira prevalecerem, a cultura humanística do Ocidente talvez ainda lhe deva a sobrevida. Há lógica na escolha da geladeira para deixar adesivos. É o lugar da casa que todos, de um jeito ou de outro, frequentam, tem espaço de sobra para os recados, uma superfície lisa e, normalmente, um fundo branco ou de cor neutra para realçar as mensagens. Mas é claro que os adesivos podem ser colocados em qualquer lugar, inclusive na testa das pessoas.

*

Aquela coisa urgente que você não pode deixar de lembrar de manhã deve ser colada no espelho do banheiro, para ser vista na hora de escovar os dentes, que é quando a humanidade geralmente retoma o contato com a vida. Se bem que, para muita gente, o período entre sair da cama e tomar o primeiro gole de café é um vago nevoeiro, dentro do qual a pessoa não se fixa em nada e só consegue escovar os dentes porque sabe, mais ou menos, onde eles estão.

*

Os recados colados se dividem em duas categorias: recados para os outros e recados para você mesmo. Seria até possível contar a história de um casamento através de mensagens deixadas pelo casal na geladeira, começando com escritos de amor em adesivos na forma de coração, assinados com "uma bitoca da sua Buzunga" e terminando em sóbrios quadrados protocolares anunciando "Meu advogado quer falar com o seu". Recados para você mesmo podem ser listas de supermercado, lembretes de coisas para fazer e telefonemas para dar e, no caso de dietas, reprimendas por você estar sequer perto da geladeira.

*

Os adesivos dirigidos a outros se dividem em práticos como "Acabou o gás" ou "O gato anda estranho", e inspiradores, como "O mundo é dos decididos", "Sorria e a vida lhe sorrirá de volta" ou esperançosos: "Rezem para que saia o meu aumento". E, claro, os adesivos também servem para piadas, insultos, sugestões eróticas ("Não esqueça o desentupidor de pia e o creme chantilly para esta noite") e, importantíssimo, a lembrança para não deixar de comprar mais adesivos. Pode ser na forma de porquinhos ou galinhas.

Mais conteúdo sobre:
verissimo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.