Reality show Survivor agrupa participantes por etnias

A 13.ª edição do reality show da CBS "Survivor" vai agrupar seus participantes por etnias. Os 20 concorrentes serão divididos em quatro grupos: brancos, negros, latinos e asiáticos, segundo anunciou nesta quarta-feira a emissora.O apresentador Jeff Probst disse que a idéia surgiu depois que o programa foi criticado por não mostrar diversidade étnica. Probst acredita que o novo formato é "perfeito para ´Survivor´", mas acha a idéia um tanto quanto arriscada. "O assunto é delicado. Existe uma história de segregação de raças que você não pode simplesmente ignorar", disse Probst à Associated Press. "A verdade é que 80% das pessoas que se inscrevem para participar do programa são da raça branca", disse Probst. "E, na televisão, em geral, aparecem mais pessoas brancas. Então acredito que a crítica que o programa recebeu tenha sido muito válida", concluiu ele. Atualmente os novos "sobreviventes" estão na ilha Cook no sul do Oceano Pacífico, território administrado pela Nova Zelândia. Integram o elenco, entre outros, um policial, um guitarrista de heavy metal, um advogado e uma manicure. A nova temporada de "Survivor" começa a ser exibida nos Estados Unidos em 14 de setembro. O programa "Survivor", criado pelo norte-americano Mark Burnett, foi o grande responsável pela onda de reality shows. Inspirou, entre outros, o brasileiro "No Limite", exibido pela Rede Globo em 2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.