Reality show oferece cirurgia plástica como prêmio

Os belgas não falam em outra coisa: um concurso promovido pela TV, naquele país, oferece como prêmio principal uma operação para aumentar os seios. O apresentador de TV Jurgen Verstrepen ofereceu em seu programa de rádio e TV, Zwart of Wit, diferentes operações de cirurgia plástica como prêmio. Imediatamente, a legisladora socialista Magda De Meyer propôs que se proíba, por lei, este tipo de prêmio. "No programa de Verstrepen se banaliza a cirurgia estética", disse ela. O apresentador, por sua vez, está bastante satisfeito com a polêmica provocada em torno do programa e comemora: "Já são 380 as pessoas que nos enviaram mensagens via celular, a maioria, interessada em aumentar os peitos", disse.Mas se isso é um choque para os belgas, convém lembrar que já faz tempo que os norte-americanos entraram nessa onda de fazer da cirurgia estética um espetáculo, e de forma bem mais bizarra. Há quase um ano, nascia na rede ABC o polêmico Extreme Makeover, em que três candidatos que se sentiam "diminuídos por seus defeitos físicos" se submetiam a operações plásticas e a lipoaspirações diante das câmeras. E quem ameaçou fazer algo semelhante por aqui foi Gugu Liberato. O Domingo Legal esteve prestes a lançar um concurso para interessados em fazer cirurgia estética de graça. O programa acompanharia então o antes e o depois, com louvor. A idéia é anterior ao caso da farsa do PCC, mas como o programa já vivia na mira dos contestadores da qualidade na TV brasileira, a direção de Gugu preferiu não arriscar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.