Reabertura oficial pode ocorrer já no dia 11 de junho

A declaração de Abel Rocha de que parcerias institucionais serão mantidas na programação de óperas para 2011 dá a pista dos títulos que devem ser apresentados. O Estado apurou que A Valquíria, de Wagner, e Rigoletto, de Verdi, serão as óperas alemã e italiana. No que diz respeito à francesa, Pélleas et Mélisande, de Debussy, dirigida por Rocha há dois anos em Belo Horizonte, deve ser a escolhida; da mesma forma, A Menina das Nuvens, de Villa-Lobos, pode vir a São Paulo. A programação de óperas será aberta em agosto. Os corpos estáveis, porém, já foram comunicados de que reabertura oficial do Municipal poderá ocorrer já no dia 11 de junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.