Ray Manzarek, tecladista do The Doors, morre aos 74 anos

Morreu ontem (20) em Rosenheim, na Alemanha, aos 74 anos, o tecladista e compositor Ray Manzarek, um dos fundadores da banda The Doors ao lado de Jim Morrison. Segundo informações da família, ele sofria de um câncer no ducto biliar.

JOTABÊ MEDEIROS, Agência Estado

21 de maio de 2013 | 10h38

Manzarek chegou a fazer discos de "spoken words" com o poeta beat Michael McLure e mantinha uma atividade artística intensa. Prosseguia tocando com The Doors e veio duas vezes ao Brasil com sua banda reformada, a primeira com Ian Astbury (ex-The Cult) nos vocais e a última com o cantor Scallions (ex-The Fuel).

Segundo contou à reportagem o guitarrista Robby Krieger, no ano passado, eles pretendiam vir uma terceira vez ao País, desta vez com o cantor David Brock, que toca numa banda cover dos Doors chamada Wild Child. Ele também gravou um disco, ainda inédito, com guitarrista Roy Rogers (eles já tinham lançado, em 2008, o álbum Ballads Before the Rain), segundo revelou Rogers recentemente à reportagem. "Quando conheci Ray Manzarek, há uns seis ou sete anos, primeiro desenvolvemos uma amizade. Ele é um ícone do rock, não há lugar no planeta que não conheça The Doors. Mas vimos que havia uma compatibilidade musical entre a gente, o teclado dele caía como uma luva para minha guitarra. Nos divertimos muito por aí", contou Roy Rogers.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
morteRay Manzarek

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.