Rastros do poera nas ruas de Paraty

MARIA FERNANDA RODRIGUES

O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2012 | 03h10

A homenagem ao poeta Carlos Drummond de Andrade na Festa Literária Internacional de Paraty vai além das mesas de debate e deve envolver adultos e crianças, visitantes com ou sem ingresso para o palco principal.

Na terça-feira, antes da conferência de abertura que Silviano Santiago e Antonio Cicero farão na quarta (esgotada), os tradutores Didier Lamaison (França), Dinu Flamand (Romênia) e Wanda Jakob (Alemanha) conversam com os brasileiros Ivo Barbieri e Carlinda Fragale Pate Nunez sobre o desafio de verter os poemas do mineiro. O encontro será na Casa de Cultura, às 14h30. No dia seguinte, às 10 horas, eles recitam Quadrilha e No Meio do Caminho em seus idiomas na Flipinha.

A exposição Faces de Drummond, que poderá ser visitada durante toda a Flip na Casa de Cultura, vai mostrar fotos, documentos e vídeos. Entre os destaques, depoimento do poeta Armando Freitas Filho, entrevistas do escritor e o desfile da Mangueira que o homenageou em 1987. Os totens que serão suporte para as fotos tocarão músicas como José (Paulo Diniz) e Rio de Janeiro (Moacyr Luz).

No mesmo espaço, Sura Berditchevsky encena o monólogo Cartas de Maria Julieta e Carlos Drummond de Andrade na quinta, dia 5, às 21h30. No sábado, dia 7, às 11 horas, Hermínio Bello de Carvalho fala sobre seu livro Áporo Itabirano (Imprensa Oficial), em que registra sua amizade e a correspondência trocada com o poeta.

Quem passar pela Casa da Companhia das Letras na Rua do Comércio poderá tirar foto com a réplica da estátua de Drummond, uma das atrações turísticas da Praia de Copacabana, no Rio, e comprar os livros da editora, como o infantil Menino Drummond (imagem ao lado), para o qual a escritora e artista Angela-Lago, convidada da Flipinha, selecionou poemas e os ilustrou.

De volta ao palco principal, Antonio Carlos Secchin e Alcides Villaça debatem o lado moderno de Drummond na sexta, às 10 horas, e Armando Freitas Filho (em vídeo), Eucanaã Ferraz e Carlito Azevedo, tratam da atualidade do mineiro no domingo, às 14h30. Ainda há ingressos para a Tenda do Telão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.