Raro cartaz de 'Metrópolis' é leiloado em Los Angeles

Um colecionador de relíquias do cinema pagou 1,2 milhão de dólares por nove cartazes de filmes antigos e raros, incluindo o pôster de maior valor do mundo, de "Metrópolis", de 1927, em um leilão de massa falida em Los Angeles na quinta-feira, informou o curador encarregado dos bens.

ERIC KELSEY, Reuters

14 de dezembro de 2012 | 12h13

Ralph DeLuca, dono da empresa Movie Archives Inc, de memorabilia do cinema, venceu a licitação com ofertas maiores do que a de três concorrentes no leilão judicial, disse o encarregado da massa falida, John J. Menchaca.

A oferta para o lote de cartazes começou com 700 mil dólares. DeLuca derrotou a poderosa Heritage Auctions, também colecionadora de relíquias.

O cartaz de "Metrópolis", a jóia da coroa da coleção, foi comprado pelo colecionador Kenneth Schachter, da Califórnia, por 690 mil dólares em uma venda privada, em 2005. Mas ele foi forçado a se desfazer dele de de outros oito depois de declarar falência.

"Sinceramente, sinto que o cartaz 'Metropolis' vale mais do que todo o lote", disse DeLuca à Reuters após o leilão. Outros itens notáveis do lote incluiam um pôster original de "King Kong" e um do "Homem Invisível", ambos de 1933.

Dirigido pelo austríaco Fritz Lang, "Metrópolis" foi o filme mais caro feito pelo cinema mundo, à época de seu lançamento. O filme alemão, com efeitos especiais e enredo futurista, é considerado um marco do cinema.

O cartaz é apenas uma das quatro cópias conhecidas sobreviventes. Foi ilustrado pelo alemão Heinz Schulz-Neudamm. Uma cópia está na coleção do Museu de Arte Moderna de Nova York, que atribui ao cartaz status de arte, disse DeLuca.

A venda será destinada ao pagamento das dívidas de Schachter, que ele descreveu como sendo de não mais de US $ 1 milhão quando declarou falência.

Tudo o que sabemos sobre:
ARTELEILAOCARTAZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.