Raridades estavam na Nova Zelândia

CINEMA

, O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2010 | 00h00

Como um Indiana Jones dos primórdios do cinema, um pesquisador dos Arquivos de Filmes da Academia de Hollywood, em férias na Nova Zelândia, descobriu várias raridades. Velhos westerns de um rolo, um drama com Clara Bow. A joia do lote é Upstream, de 1927. Embora John Ford já tivesse feito The Iron Horse e Three Bad Men, o filme mostra a influência que teve sobre ele o diretor expressionista alemão F.W. Murnau. / NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.