Rapper não conta com testemunho de Jennifer Lopez

Jennifer Lopez não vai testemunhar no julgamento de seu ex-namorado, Sean "Puffy" Combs, mas o rapper vai defender a si mesmo na frente do júri da Suprema Corte de Manhattan. Em um comunicado conjunto, o ex-casal diz que esta foi a decisão dos advogados de defesa dele. A cantora afirmou, no entanto, que continua à disposição da Justiça e que, se os advogados mudarem de idéia, ela estaria lá imediatamente "para dizer a verdade". O testemunho de Puffy deve ser ainda esta semana, porque o advogado Benjamin Brafman informou que pretende terminar de apresentar suas testemunhas na sexta-feira. Lopez e Combs estavam no Club New York em 27 de dezembro de 1999 quando três pessoas foram feridas em um tiroteio. O rapper é julgado por porte ilegal de arma e tentativa de suborno.

Agencia Estado,

28 de fevereiro de 2001 | 15h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.