HÉLVIO ROMERO|ESTADÃO
HÉLVIO ROMERO|ESTADÃO

Rapaz morre de ataque cardíaco durante a Virada Cultural

Ele se dirigia ao palco da Praça Júlio Prestes; organização e Polícia Militar não divulgam balanço de ocorrências

O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2016 | 21h08

Um jovem de 21 anos morreu neste domingo, 22, após desmaiar e bater a cabeça nas escadarias da Estação Anhangabaú, no centro, durante a Virada Cultural. Uma mulher também foi esfaqueada na perna em uma tentativa de assalto no Largo do Arouche.

Acompanhado da namorada e um amigo, Pedro Henrique Palácios ia para o palco na Praça Júlio Prestes, quando desmaiou. Ele foi socorrido na Santa Casa de Misericórdia, também no centro, onde deu entrada por volta das 7h30 com quadro de parada cardíaca. Os médicos tentaram reanimá-lo, mas o jovem não resistiu. Segundo a Secretaria Municipal de Cultura, a ocorrência foi fora da área da Virada.

A mulher, ferida com uma facada após reagir a um assalto, foi socorrida na Santa Casa e teve alta. Por volta das 17h, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou não haver registro em delegacia de nenhum dos dois casos.

Também houve registros de brigas e furtos, mas o balanço oficial não foi divulgado. No show de Ney Matogrosso, a reportagem presenciou um homem de bicicleta tomar o celular de um casal, que tentou correr atrás. No show de Elza Soares, brigas e tumultos à frente do palco provocaram correria. 

Mais conteúdo sobre:
CulturaVirada Cultural

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.