Reprodução
Reprodução

Rafinha Bastos pede desculpas a Luciano Huck após xingá-lo em carta

Apresentador criticou duramente Huck por ter dirigido alcoolizado. 'Errei e por isso peço desculpas', diz Rafinha

estadão.com.br

03 de dezembro de 2012 | 21h09

O apresentador Rafinha Bastos pediu desculpas a Luciano Huck em um post publicado em sua página no Facebook na noite de segunda-feira, 03. Os dois envolveram-se em uma polêmica após Rafinha, na mesma rede social, na manhã desta segunda, criticar de maneira incisiva e com termos fortes o apresentador da Globo, que teve a Carteira Nacional de Habilitação apreendida na madrugada de domingo, 02, em uma blitz da Lei Seca no Rio de Janeiro. 

"Dirigir alcoolizado é um crime grave e este deveria ser o tema do meu post. Acabei transformando o caso em um palanque para despejar uma série de ofensas pessoais contra o trabalho do apresentador. Atitude desnecessária. Feia. Eu poderia ter exposto a minha opinião de uma forma muito mais inteligente e eficiente", diz Rafinha. E continua: "Não sei se haverá algum processo judicial contra mim. Não é esta a questão. Estou aqui apenas para deixar claro que desta vez sinto que me equivoquei. Errei e por isso peço desculpas".

Ao E+, a assessoria de Luciano Huck havia informado que ele processaria Rafinha. "Sobre as grosserias gratuitas e desproporcionais, ele entende que este assunto deve ser tratado nas esferas do judiciário. E assim será", disse o porta-voz de Huck. 

No post publicado pela manhã em sua página no Facebook, Rafinha diz que Huck faz 'teatrinho falso na TV' e o chama de 'playboy inconsequente'. "Luciano, você bebeu antes de dirigir. Fez merda. Mas não se preocupe. Para a maioria do País comunicador FDP não é aquele coloca a vida dos outros em risco, é aquele que fala o que pensa. Fique tranquilo", diz em parte do texto. 

Huck, que teve a CNH apreendida, se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi multado em R$ 957,70 e perdeu 7 pontos na carteira. Na mesma rede social, ele se explicou no domingo. "Deveria ter seguido o exemplo da minha esposa, e 'ir de táxi'. Apoio amplamente a Operação Lei Seca. E acredito que um dos seus maiores ativos é que, de fato, vale para todos. Não tem 'jeitinho' para ninguém, disse o apresentador. 

Tudo o que sabemos sobre:
Rafinha BastostelevisãoLuciano Huck

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.