Rafinha Bastos lança novo show sem travas na língua

O comediante e apresentador do programa CQC Rafinha Bastos lançou ontem, em São Paulo, seu novo show, intitulado ironicamente de "Apenas Uma Boa Pessoa". Sem se preocupar com palavrões ou a etiqueta do politicamente correto, Rafinha arrancou risos da plateia com piadas sobre sexo, casamento e gravidez, entre outros tabus e assuntos não indicados para crianças.

CIRCE BONATELLI E RENAN CARREIRA, Agência Estado

25 Março 2011 | 15h46

"Venho construindo esse show há quatro anos. Muitas piadas Foram refeitas, outras eu joguei fora. Só ficou aquilo que, para mim, realmente vale a pena. São piadas atemporais e assuntos de que eu me orgulho de falar", disse, em entrevista à Agência Estado, após o show. "A apresentação é totalmente autoral. Tudo foi escrito por mim", acrescentou.

Rafinha contou que os temas escolhidos saíram naturalmente de observações e conversas do seu dia a dia. "Os temas das piadas saem da vida. A vida do comediante é o material de trabalho." Ele disse ainda que acha normal fazer piada sobre qualquer tema, inclusive sobre tragédias como a do terremoto no Japão, mesmo que possam ofender outras pessoas. "Nunca pensei em alguma coisa e não disse. E nunca vou deixar de falar alguma coisa com medo de ofender alguém", afirmou. Na apresentação de ontem, porém, nenhuma piada sobre o Japão foi feita.

O comediante, que ganhou projeção com vídeos no YouTube - ele já tem mais de 50 milhões de visualizações no site - e com o programa CQC, da Band, ainda destacou sua preferência pela internet em relação à TV. "O grande barato é criar material para a internet. Muito mais que para a televisão. Na internet você não invade a casa das pessoas. Elas é que vão atrás do seu conteúdo. Tenho mais orgulho de atrair esse público. Acho mais genial."

O espetáculo de stand-up comedy - gênero em que o comediante se apresenta em pé, diante do microfone, em um palco nu - teve cerca de 1h15 de duração e foi bem recebido pelo público presente na estreia. O show fez parte do festival de humor Risadaria, que começou ontem e vai até domingo no Pavilhão da Bienal do Parque do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo. Ontem, Rafinha também lançou o DVD "A Arte do Insulto", com a apresentação de seu show anterior, que ficou quatro anos em cartaz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.