Radiobrás e Cultura ensaiam noticiário em rede nacional

A Radiobrás e a TV Cultura começam a ensaiar o projeto de um noticiário em rede nacional. Isso incluiria a rede da TVE e toda a rede pública que hoje já transmite o jornal carro-chefe da Cultura, mais qualquer emissora pública interessada em participar do negócio. A colaboração, então, para fornecimento de conteúdo, viria de todas as emissoras. A proposta ganhará ocasião propícia para ser discutida na próxima reunião da Abepec - Associação Brasileira das Emissora Públicas, Educativas e Culturais, em fevereiro, justamente quando ocorrerá a eleição para a nova diretoria. "Desde que cheguei à Radiobrás, em 2003, (isso) é um velho sonho. Chegamos a apresentar essa idéia numa reunião da Abepec, ainda em 2004, mas a idéia só ganhou impulso agora, com o entusiasmo do Albino (Castro, diretor de Jornalismo da TV Cultura)", diz Bucci ao Estado. A idéia de Albino Castro é formar um conselho para reger o novo produto, eleito, é claro, pelos membros da nova rede. O Jornal da Cultura, exibido diariamente às 22 horas, entra nesta terça-feira em 80% do território nacional. Os 20% descobertos correspondem à região norte, segundo a TV Cultura. Embora o período seja de troca de comando em boa parte das TVs públicas ("eu mesmo não sei se estarei aqui", emenda Bucci), ele aposta que as divergências políticas não serão obstáculo. "Em vez de falar do futuro, vamos falar do passado", afirma, em referência às parcerias bem-sucedidas, nos últimos quatro anos, entre a Radiobrás (órgão ligado à presidência da República, comandado pelo PT) e a TV Cultura (emissora ligada ao governo de São Paulo, comandado pelo PSDB). "Em nenhum momento, mesmo nos mais tensos da campanha eleitoral, houve qualquer arranhão com a Cultura nas relações editoriais."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.