Quem Sabe, Sabe! estreia hoje na TV Cultura

Passar tardes trancados em uma sala brincando de jogo de tabuleiros e afirmar para todo mundo que estavam realmente trabalhando foi a rotina dos integrantes da equipe da TV Cultura responsável por desenvolver a nova versão do Quem Sabe, Sabe!, game show apresentado originalmente por Walmor Chagas (1930-2013) nos anos 1980 e que retorna hoje, às 19h20, à grade da emissora.

JOÃO FERNANDO, Agência Estado

13 de maio de 2013 | 11h05

Na atração, agora comandada por João Victor D?Alves e Gabriela França, quatro pessoas participam de uma competição de perguntas e respostas em que o vencedor levará um tablet para casa. O aparelho, aliás, é o objeto central da brincadeira. É por meio dele que os jogadores escolhem a alternativa correta do que é questionado pelos apresentadores, que também monitoram o placar do jogo pela tela de um dispositivo.

Assim que o programa entrar no ar, telespectadores com um iPad poderão participar do jogo em casa e responder às mesmas questões do programa em tempo real, por meio da tecnologia de segunda tela, em que as informações mostradas na TV são imediatamente repassadas via internet. "A gente quer modificar a forma com que o espectador fica diante do programa", explica Eduardo Brandini, vice-presidente de conteúdo da emissora. O público, porém, não disputará o prêmio com quem estiver no estúdio.

O lado tecnológico do Quem Sabe, Sabe!, entretanto, não se restringe ao jogo do tablet. No estúdio, o jogadores ficam diante de um tabuleiro virtual, em que as imagens aparecem na mesa através de um aparelho que faz a projeção mapeada da superfície do móvel. Desenvolvida por uma empresa brasileira, a parte visual da competição é controlada por computador, que cria reações dos avatares escolhidos pelos participantes e movimenta os peões.

Para o Quem Sabe, Sabe! foi criado um banco de dados com 2 mil perguntas, cada uma com quatro alternativas, uma delas correta. Depois de entrarem no roteiro, uma equipe do departamento de educação da emissora checa para ver se não há erro. "A principal função é ser educativo", reforça Brandini.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
game showQuem SabeSabe!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.