Divulgação
Divulgação

Quem ficará milionário? Sai hoje o vencedor do 'Big Brother Brasil 11'

Daniel, Maria e Wesley disputam o prêmio de R$ 1,5 milhão

AE, Agência Estado

29 de março de 2011 | 10h11

Quem vai levar R$ 1,5 milhão na noite de hoje, no Big Brother Brasil? Daniel Barbosa, Maria Melilo ou Wesley Schunk? Diferentemente das outras edições do programa, dessa vez não existe um grande favorito. Mas se a vontade das celebridades que curtem o BBB for feita, o prêmio vai para o pernambucano Daniel. Mesmo entre os famosos, a briga está equilibrada. A apresentadora da RedeTV! Luciana Gimenez, por exemplo, diz gostar dos três finalistas. A comediante Dani Calabresa, da MTV, fala que até gostaria de ver Maria Melilo, 27 anos, como campeã, mas acha que Daniel, 40, merece mais administrar um local onde vivem trinta idosas, no Recife. Preta Gil, por sua vez, acha o médico Wesley, 25, um "garoto verdadeiro", mas confessa estar torcendo por Daniel.

Entre os famosos que o Jornal da Tarde procurou, o pernambucano é o favorito. Segundo o diretor de novelas Jorge Fernando, ele foi o único participante que manteve o mesmo comportamento desde o início da atração. "Ele sempre foi autêntico e ainda tem uma causa social", diz o diretor. Apesar de Daniel não falar sobre o trabalho social na casa do Big Brother, isso pode garantir sua vitória. E mais: dos três finalistas, ele é o único que nunca se envolveu em grandes conflitos na casa. Já a candidata Maria poderá se sair melhor por ter sido o centro das atenções do confinamento, já que ficou com dois rapazes na casa. O primeiro foi Maurício, o Mau Mau. O segundo foi o médico Wesley, que entrou na segunda semana da atração. Em pesquisas na internet e no Twitter, Maria é apontada como a favorita ao prêmio.

Já Wesley é o menos cotado a levar o R$ 1,5 milhão para casa. Mas se depender da força do capixaba em paredões, ele pode até surpreender a todos. O rapaz já foi seis vezes emparedado, contra duas vezes de Maria e duas de Daniel. E, seguindo a lógica da última edição, em que o modelo Cadu, que raramente abria a boca, chegou à finalíssima em segundo lugar, Wesley pode até levar os R$ 150 mil - valor dado ao segundo colocado. Afinal, o que ele fez dentro da casa, além de ficar com Maria? O terceiro lugar leva R$ 50 mil.

A 11ª edição do Big Brother Brasil encerra com 11 semanas de duração e média de 27 pontos no Ibope - a pior audiência da história da atração. Aliás, desde o BBB5, que teve o recorde de 44 pontos, os números só estão caindo. Em 2010, foram 34 pontos, o mesmo das edições 2, 8 e 9, as mais fracas até então. Boninho, diretor da atração da Globo, disse ao JT que não fala sobre o desempenho no Ibope. "Eu gostei de tudo do programa", declarou o diretor, que já começa a trabalhar para a próxima edição. No dia 15 de abril, Boninho sairá em viagem por 11 cidades do País - entre elas Curitiba e Belém - para selecionar os próximos confinados. As informações são do Jornal da Tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
televisãoGloboBig Brother

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.