Qual é o nome?

Marte e Netuno em oposição; a Lua míngua no signo de Capricórnio.

Quiroga, O Estado de S.Paulo

31 de maio de 2010 | 00h00

Enquanto existimos nos envolvemos na luta diária pela sobrevivência física e subjetiva e pela manutenção do ardor que nos caracteriza como humanos imaginativos e sonhadores, por isso perdemos o fio da meada e a visão ampla dos acontecimentos, resultando que não tomamos consciência do momento histórico em que existimos. Estes momentos só são caracterizados por nomes específicos para descrevê-los depois de terem acabado. Porém, para atiçar o observador interno que todos somos, seria sábio fazer o exercício de tentar dar nome ao momento atual de nossa história, sintetizando nesse nome a explicação que se poderia dar dessa às futuras gerações. Então, que nome você daria ao momento atual da história? Como você explicaria tudo às futuras gerações?

ÁRIES 21-3 a 20-4

Agora é o tempo certo para colocar em jogo seus ideais mais malucos, porque a história do mundo está em plena reviravolta e de nada adiantará gastar só para preservar o bom andamento de tudo como vinha sendo.

TOURO 21-4 a 20-5

De pequeno engano em pequena mentira foi sendo construída uma realidade hipócrita e ilusória. Agora está disponível uma realidade superior, aquela que outrora era motivo de fé se aproxima de todos nós.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Ao menor sinal de discórdia provocado pelo que você disser, retire suas palavras e considere a possibilidade de não ter transmitido de forma eficiente o que com boa intenção você queria comunicar.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Cada desejo satisfeito

é o nascimento de uma responsabilidade também. Pense nisso agora que os desejos ardem e que tudo conspira para você se meter em situações para lá de complicadas. Talvez seja hora de parar.

LEÃO 22-7 a 22-8

Nenhuma confusão pode ser finalizada com atitudes rompantes e agressividade. Os gritos só aumentariam essa condição que se extinguiria facilmente se deixada correr em liberdade, tratada com divina indiferença.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Faça tudo às claras ainda que seja tentador usar subterfúgios e estratégias complicadas para você realizar o que deseja. Cair na tentação ou não depende de sua decisão, apenas isso. Nesse caso, você está só.

LIBRA 23-9 a 22-10

O mundo não abrirá os braços para receber seu impulso criativo nem suas melhores intenções serão imediatamente aplaudidas. Você terá de contar com resistência e aprender a enxergar nela o bom sinal de que tudo anda bem.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Velhos problemas que nunca foram resolvidos não poderiam mudar de status tentando outra vez enfrentá-los com o mesmo repertório de sempre. Agora é propício enlouquecer um pouco e tentar atitudes inéditas.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Mudanças importantes vêm por aí e seria pouco sábio de sua parte agarrar-se ao mundo conhecido, pois ainda que este seja excelente, não poderia prevalecer diante do que vem por aí. O insólito está a caminho.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Se tudo continuasse correndo bem, nada seria mudado. Este panorama de preservação seria ideal em outros tempos, mas não no atual, dada a perspectiva de que a qualquer momento tudo mude definitivamente.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Tudo que ficou fora de sintonia e que perturbou o bom andamento dos relacionamentos que mais interessam a você parece conspirar para acontecer ao mesmo tempo. Isso torna o momento rico em oportunidades de crescer.

PEIXES 20-2 a 20-3

O que importa se todos os sinais são contrários e as dificuldades enormes? Você deveria ver nisso incentivo a continuar em frente e se esforçar em dobro em vez de enxergar motivo para desânimo. Não há lugar para isso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.