Quadro que Van Gogh pintou dias antes de se matar será leiloado

Acredita-se que a pintura superará em muito o lance mínimo estimado em US$ 24 milhões

EFE,

22 de setembro de 2007 | 10h14

Um quadro de Van Gogh, uma paisagem pintada em 10 de julho de 1890, 19 dias antes de o artista cometer suicídio, irá a leilão em breve em Nova York, anunciou a casa Sotheby's. Acredita-se que a pintura, que será exibida em Londres no dia 7 de outubro, antes de atravessar o Atlântico, superará em muito o lance mínimo, estimado em US$ 24 milhões. "É uma obra de arte excepcional, pintada por Van Gogh em seus últimos dias, e, por isso, o preço que será pago por ela será fruto da paixão", afirmou uma porta-voz da casa de leilão. "É, talvez, a última oportunidade de comprar uma paisagem desta qualidade de Vincent van Gogh", acrescentou. O irmão e grande amigo do pintor, Theo, era tão apegado ao quadro, intitulado "The Fields" (Os Campos), que não se separou da pintura. No entanto, após sua morte, a viúva, Johanna, vendeu a obra ao colecionador Paul Cassirer em 1907. Desde então, o quadro mudou de dono, mas nunca foi à leilão antes. A obra Os especialistas não conseguem chegar a um consenso sobre se "The Fields" ou outra pintura, intitulada "Campo de Trigo com Corvos", foi o último quadro do pintor holandês. Walter Feichenfeldt, colecionador suíço e especialista em Van Gogh, acredita que o quadro que será leiloado é o último pintado pelo artista. Em carta escrita a Theo em 10 de julho de 1890, o pintor escreveu: "Há vastos campos de trigo sob um céu sombrio, expressando um misto de tristeza e extrema solidão". "Acredito que poderei vê-los em breve, pois penso em levá-los a Paris o mais rápido possível, já que acho que estes campos te dirão o que eu não posso expressar com palavras: a saúde e a força regeneradora que vejo no campo", acrescentou o artista. Van Gogh não chegou a enviar a carta, que levava consigo quando se matou com um tiro no meio destes campos, a poucos metros do local onde havia deixado o cavalete.

Tudo o que sabemos sobre:
Van Gogh

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.