Quadro de Picasso é roubado de vila francesa

Ladrões roubaram cerca de 30 quadros, incluindo uma obra do mestre espanhol Pablo Picasso, de uma vila no sul da França, informou a polícia.

REUTERS

04 de janeiro de 2010 | 16h08

A ação, que também levou uma pintura pós-impressionista de Henri Rousseau, provocou um prejuízo de 1 milhão de euros, disse uma fonte judicial.

O roubo foi descoberto na quinta-feira por um zelador da casa, que fica no vilarejo de La Cadiere d'Azur, na Provence. O proprietário estava de férias na Suécia no momento do roubo e já voltou para a França para ajudar nas investigações, disse a polícia.

Esse foi o segundo grande roubo de obras de arte no sul da França nos últimos dias, embora não haja provas de que os crimes estejam relacionados.

Uma pintura do impressionista francês Edgar Degas foi roubada de um museu na noite de quarta-feira na cidade francesa de Marselha. A polícia disse que o trabalho em pastel "Les Choristes" valia cerca de 800 mil euros.

(Reportagem de François Revilla)

Tudo o que sabemos sobre:
ARTEPICASSO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.