Reprodução
Reprodução

Quadro de Gauguin é atacado em Washington

Mulher tentou arrancar pintura do artista da parede de galeria norte-americana

Estadão.com.br,

04 Abril 2011 | 13h34

Uma obra do pintor francês Paul Gauguin foi atacada na National Gallery of Art, em Washington, nos Estados Unidos, na tarde da última sexta-feira, 1, de acordo com o site do jornal The Washington Post.

 

Segundo testemunhas, uma mulher, de identidade não divulgada, tentou arrancar da parede a tela Duas Mulheres Taitianas, que mostra duas moças com seios nus. A responsável pelo ataque teria gritado que o quadro era "maligno" enquanto socava a proteção plástica que o envolvia.

 

Seguranças da National Gallery detiveram a infratora no local, que foi acusada à corte local por destruição de patrimônio e tentativa de roubo.

 

A porta-voz do museu, Débora Ziska, disse que nenhum dano à obra foi verificado, mas que uma perícia mais completa está agendada para esta segunda-feira, 4.

 

Duas Mulheres Taitianas, de 1899, faz parte da exposição provisória Gauguin: Maker of Myth (Criador de Mitos, em tradução livre), inaugurada em fevereiro deste ano, com duração até junho. Nenhuma outra obra foi danificada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.