Reprodução
Reprodução

Quadro de Gauguin é atacado em Washington

Mulher tentou arrancar pintura do artista da parede de galeria norte-americana

Estadão.com.br,

04 Abril 2011 | 13h34

Uma obra do pintor francês Paul Gauguin foi atacada na National Gallery of Art, em Washington, nos Estados Unidos, na tarde da última sexta-feira, 1, de acordo com o site do jornal The Washington Post.

 

Segundo testemunhas, uma mulher, de identidade não divulgada, tentou arrancar da parede a tela Duas Mulheres Taitianas, que mostra duas moças com seios nus. A responsável pelo ataque teria gritado que o quadro era "maligno" enquanto socava a proteção plástica que o envolvia.

 

Seguranças da National Gallery detiveram a infratora no local, que foi acusada à corte local por destruição de patrimônio e tentativa de roubo.

 

A porta-voz do museu, Débora Ziska, disse que nenhum dano à obra foi verificado, mas que uma perícia mais completa está agendada para esta segunda-feira, 4.

 

Duas Mulheres Taitianas, de 1899, faz parte da exposição provisória Gauguin: Maker of Myth (Criador de Mitos, em tradução livre), inaugurada em fevereiro deste ano, com duração até junho. Nenhuma outra obra foi danificada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.