Divulgação
Divulgação

Quadro de 3,7 milhões de dólares pode ter ido parar no lixo

'Snowy Mountain', do pintor chinês Cui Ruzhuo, foi declarado desaparecido um dia após sua venda.

Reuters

09 de abril de 2014 | 11h41

HONG KONG - Um quadro, leiloado há dois dias por 28,8 milhões de dólares de Hong Kong (cerca de US$3,7 milhões ou R$ 8,1 milhões), desapareceu no hotel Grand Hyatt, na China. De acordo com a imprensa local, a polícia suspeita que a equipe de limpeza do hotel tenha jogado acidentalmente a obra no lixo.

O quadro "Snowy Mountain", do pintor chinês Cui Ruzhuo, foi declarado desaparecido pela casa de leilão Poly Auction na terça-feira, 8, um dia após a venda.

O jornal chinês Ming Pao disse que a polícia checou as filmagens do hotel Grand Hyatt, onde aconteceu o leilão. Nelas, funcionários da limpeza aparecem removendo a pintura, o que levantou a suspeita de que a obra tenha sido levada junto com o lixo para o aterro sanitário da cidade.

A Poly Auction não comentou o caso e a polícia ainda não confirma a informação de que a obra foi jogada fora. A diretora de comunicação do hotel Grande Hyatt, Gladis Young, afirmou que nenhum funcionário está envolvido no caso, porque os organizadores do leilão contratam equipes externas para realizar eventos com itens de alto valor.

Na terça-feira, um rara tigela cozida no forno imperial da dinastia chinesa Ming, há mais de 500 anos, foi vendida 281,2 milhões de dólares de Hong Kong, tornando-se uma das relíquias chinesas mais caras já leiloadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.