Quadro achado em museu de Yale seria de Velázquez, dizem especialistas

Autoria de 'A educação da Virgem' é atribuída ao pintor espanhol

estadão.com.br

01 de julho de 2010 | 12h18

Uma pintura cuja autoria é atribuía ao pintor espanhol Diego Velázquez foi encontrada no porão do museu da Universidade de Yale, nos EUA, informa o jornal britânico The Guardian nesta quinta-feira, 1º.

 

Segundo um artigo na revista Ars, John Marciari, especialista do Museu de Artes de San Diego, o quadro foi identificado como uma das primeiras obras do espanhol. Marciari datou o quadro de 1617, quando Velázquez tinha apenas 18 anos e ainda vivia em Sevilla. Segundo o especialista é a mais importante descoberta sobre o pintor em mais de um século.

 

A pintura encontrada é intitulada "A educação da Virgem" e mostra uma menina - a Virgem Maria - estudando. Segundo o jornal espanhol El País, o quadro foi arranhado, exposto à umidade e teve algumas partes cortadas.

 

Especialistas agora estudarão a pintura para ver se concordam com a análise de Marciari. "Um processo de análise internacional vai começar e especialistas decidirão se a hipótese tem bons argumentos para que a obra seja incluída no catálogo de Velázquez", disse o historiador da arte Francisco Calvo Serraller.

 

O El País informou nesta manhã que especialistas não identificados concordaram que a pintura é provavelmente de Velázquez, embora o Museu do Prado esteja aguardando a análise.

 

O quadro foi submetido a testes de raio x que revelaram uma composição bastante parecida com outras pinturas do espanhol. Especialistas no museu de Yale planejam iniciar o trabalho de restauração, já que a tinta está gasta em várias partes. A reparação, porém, não iniciará antes de "A educação da Virgem" ser estudada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.