Público estava cansado de dramas

A data de 25 de maio de 1977 já entrou para a história do cinema planetário. Nesse dia, em apenas 32 salas dos Estados Unidos, estreou Star Wars, Guerra nas Estrelas, filme que se tornaria pioneiro tanto no uso dos efeitos especiais como na transformação do gosto da plateia mundial.

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

16 de setembro de 2011 | 00h00

"O diretor George Lucas tinha uma visão profética sobre o cansaço do público em acompanhar tramas complexas como as dirigidas na época por Robert Altman (M.A.S.H.) e Arthur Penn (Bonnie e Clyde - Uma Rajada de Balas)", comentou o jornalista Peter Biskind, autor de Como a Geração Sexo-Drogas-e-Rock"n"roll Salvou Hollywood: Easy Riders, Raging Bulls (Intrínseca), valioso livro sobre o apogeu criativo do cinema americano nos anos 1970. "Lucas percebeu que a plateia queria apenas se divertir por meio de simples universos morais divididos entre chapéus brancos e negros, Luke Skywalker e Darth Vader."

Para ele, Star Wars enfatizou as lições aprendidas em Tubarão, de Steven Spielberg: crianças e jovens são capazes de ver repetidas vezes um filme sem estrelas. Mas, ao contrário de Tubarão, Lucas comprovava ser possível ter um filme de sucesso fenomenal baseado em material original. Star Wars acordou os estúdios para o potencial do merchandising, mostrando que a venda de livros, camisetas e bonecos podia ser uma fonte significativa de lucros.

Outro pesquisador, o americano Edward Jay Epstein, acredita que Lucas formou um seleto grupo (que inclui Spielberg e Jerry Bruckheimer) que, além de cuidar da direção de seus filmes, também se tornou produtor executivo, garantindo completo domínio sobre o produto final.

FESTIVAL DE EXTRAS

Comentários

Praticamente todos os discos têm observações em áudio de George Lucas e de técnicos envolvidos na restauração.

Arquivos

Dois discos trazem cenas deletadas, estendidas e alternativas, além de desenvolvimento dos figurinos e desenhos de cenários de todos os longas da série.

Star Warriors

Documentário sobre o 501st Legion, organização global de entusiastas do figurino da série.

Conversation with the Masters

Uma equipe de feras (George Lucas, Irvin Kershner, Lawrence Kasdan e John Williams) comentam sobre O Império Contra-Ataca, em seu 30º aniversário.

Star Wars Spoofs

As principais paródias já feitas sobre a série como referências em Os Simpsons e Family Guy.

Anatomy of a Dewback

Lucas demonstra como evoluiu a tecnologia dos efeitos especiais do original de 1977.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.