Publicado catálogo de obras artísticas roubadas na Espanha

Entre os objetos recuperados estão obras de Pablo Picasso, esculturas, objetos arqueológicos raros, relógios, moedas e medalhas

Associated Press

20 de março de 2011 | 19h11

A polícia espanhola publicou um catálogo com obras de arte e objetos preciosos roubados, com a esperança de devolvê-los a seus donos.

 

Entre os objetivos recuperados estão obras de Pablo Picasso, esculturas, objetos arqueológicos raros, relógios, moedas e medalhas.

 

O catálogo traz seis obras de Picasso de 1933 intituladas Pecados capitais, incluindo Avareza e Inveja, cada uma em moldura de prata, junto com uma escultura etrusca de bronze de idade estimada de 2 mil anos e joias de ouro, diamantes e esmeraldas.

 

Entre outros objetos estão moedas romanas com a efígie do imperador Lucius Septimius Severus e um tapete do século XVII que mostra a Batalha de Granicus, quando Alexandre Magno derrotou o império persa em 334 a.C.

Tudo o que sabemos sobre:
Espanhaobras artísticas roubadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.