Provocação de Penn e um Carlão forte

Ilha dos Canibais

LUIZ CARLOS MERTEN, O Estado de S.Paulo

18 de março de 2013 | 02h11

0 H NA CULTURA

(L'Ile Aux Cannibales). França, 2010. Direção de Cédric Condom.

A história é tão incrível que parece ficção, e de terror. A grande fome na URSS, nos anos 1930, ameaçava solapar as estruturas do regime comunista e o ditador Josef Stalin tomou uma decisão radical. Para coibir manifestações que considerava nocivas, escolheu 6 mil pessoas - camponeses, pequenos criminosos, vagabundos ou apenas indivíduos que não se encaixavam na estrutura de classes do ideal comunista - e as confinou numa ilha da Sibéria. Entregues à própria sorte, elas regrediram à barbárie, e praticaram até o canibalismo. Reprise, colorido e preto e branco, 53 min.

Minha Babá É Uma Vampira

16H10 NA GLOBO

(My Babysitter's A Vampire). Canadá, 2010. Direção de Bruce McDonald, com Matthew Knight, Vanessa Morgan, Atticus Dean Mitchell, Cameron Kennedy, Kate Todd, Joe Dinicol.

Calouro descobre que a babá que sua mãe contratou para cuidar da irmã mais nova é... vampira. O tom é de comédia. Inédito, colorido, 85 min.

G.I. Joe - A Origem de Cobra

22H45 NA GLOBO

(G.I. Joe: The Rise of Cobra). EUA, 2009. Direção de Stephen Sommers, com Channing Tatum, Dennis Quaid, Sienna Miller, Joseph Gordon-Levitt, Arnold Vosloo, Marlon Wayans.

Vem aí mais uma aventura de G.I. Joe e, enquanto espera, você pode (re)ver o longa em que força especial do Exército norte-americano enfrenta o maior traficante de armas do planeta, que se uniu a um cientista louco para criar avançadas tecnologias de destruição - micro-organismos que tudo destroem, ferro, madeira, pessoas... O diretor Sommers criou a série A Múmia, com Brendan Fraser. Ele se liga na ação e faz filmes meio nonsense, mas que divertem. Reprise, colorido, 118 min.

A Mulher do Meu Amigo

3 H NA GLOBO

Brasil, 2008. Direção de Claudio Torres, com Marcos Palmeira, Maria Luisa Mendonçaa, Mariana Ximenes, Otavio Muller, Antonio Fagundes.

A Mulher Invisível, O Homem do Futuro - Cláudio Torres, filho de Fernanda Montenegro, tem sido bafejado pelo sucesso. Para conferir, vale (re)ver esta outra comédia que não estourou nos cinemas, mas pode ganhar sobrevida na televisão. Advogado em crise resolve se desligar do escritório do sogro corrupto. E inicia romance com a mulher do melhor amigo - sem saber que este já é amante de sua mulher. Reprise, colorido, 85 min.

TV Paga

Duelo de Gigantes

16H05 NO TELECINE CULT

(Missouri Breaks). EUA, 1976. Direção de Arthur Penn, com Marlon Brando, Jack Nicholson, Kathleen Lloyd, Randy Quaid, Frederic Forrest, Harry Dean Stanton.

Leonard Maltin dá em seu guia de filmes a pior cotação - Bomb(a) - ao western do grande Penn. Não entendeu nada, o pobre. Depois de colocar sugestões de homossexualidade em seus westerns e filmes de gângsteres (Um de Nós Morrerá, Bonnie & Clyde - Uma Rajada de Balas), Penn encara o tema na história do pistoleiro contratado para prender ladrão de cavalos. A cena do banho é particularmente reveladora das intenções do autor, e deve ter contribuído para o desconcerto do público. Seja lá o que os espectadores esperavam do confronto entre Marlon Brando e Jack Nicholson, não era o que o filme oferece. Hoje, o público talvez já esteja mais preparado para a provocação de Penn sobre os mitos do Oeste (e os astros de Hollywood). Reprise, colorido, 126 min.

O Guarda-Costas e a Primeira-Dama

0 H NO CINEMAX

(Guarding Tess). 1994. Direção de Hugh Wilson, com Shirley MacLaine, Nicolas Cage, Austin Pendleton,

Edward Albert, James Rebborn.

Meio filhote de Conduzindo Miss Daisy, de Bruce Beresford - que ganhou o Oscar de melhor filme, mas não o de direção, em 1989 -, esta comédia dramática possui um encanto todo particular e ele passa, com certeza, pela empatia da dupla principal. Nicolas Cage ganharia o Oscar (por Despedida em Las Vegas) no ano seguinte, Shirley MacLaine já recebera o dela (por Laços de Ternura) mais de dez anos antes. Cage faz agente do serviço secreto designado para escoltar ex-primeira-dama. Shirley não facilita sua vida. Dizer que o diretor Wilson criou a série Loucademia de Polícia talvez deponha contra o programa. Afinal, existem aqui sutilezas que passam ao largo das aventuras dos recrutas da loucademia. Reprise, colorido, 98 min.

Garotas do ABC

0H15 NO CANAL BRASIL

Brasil, 2003. Direção de Carlos Reichenbach, com Michele Valle, Natália Lorda, Vanessa Alves, Antônio Pitanga, Rocco Pitanga, Ênio Gonçalves, Selton Mello, Milhem Cortaz.

Morto no ano passado, Carlos Reichenbach, o Carlão, recebeu merecida homenagem na recente premiação da APCA, Associação Paulista dos Críticos de Arte. Existe uma vertente de sua obra que resgata o universo feminino, olhando a luta da mulher no mundo dominado pelos homens. Garotas aperfeiçoam dois projetos abandonados - Sonhos de Vida e Vida de Sonhos. Num momento, chamou-se Aurélia Shwarzenega. A operária do ABC - trabalha numa fábrica de tecelagem -, negra, bela e atrevida, se envolve justamente com neonazista. Reprise, colorido, 125 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.