Protesto com bolinhas coloridas causa espanto em Roma

Meio milhão de bolinhas coloridasdespencaram pelos famosos degraus da praça de Espanha na manhãde quarta-feira, no mais novo ato de um ativista que seespecializou em fazer protestos em pontos turísticos dacidade. As bolinhas foram jogadas escada abaixo e despejadas nafonte que marca a praça por Graziano Cecchini, 55, que no anopassado colocou uma lata de corante na Fontana di Trevi,fazendo as águas ficarem vermelhas como o sangue. Cecchini acabou sendo detido pela polícia junto com outrostrês ativistas. Ele disse que se tratava de uma "operaçãoartística que mostra, através da arte, os problemas que temosna Itália". "As cores das bolas não foram escolhidas por acaso. Amaioria é vermelha --queria que as pessoas se lembrasse daFontana di Trevi", disse ele. Turistas e lojistas assistiram espantados à manifestação.As bolinhas foram jogadas da sacada da Igreja da SantíssimaTrindade, no alto da escadaria. "Tudo bem, é uma manifestação, tudo bem, ficou bonito, maspensemos um pouco nos pobres lixeiros," disse Lucia Russo, donade uma loja, ao ver os caminhões de lixo se aproximando. O turista norte-americano John Hyde preferiu rir. "Mesmoquando estão protestando, os italianos não conseguem não fazeruma coisa bonita," disse. "Não vejo nenhum significado, mas éuma visão para se guardar." (Reportagem de Liz Rusbridger)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.