"Promenade" serve moda e champanhe

Uma vez por ano, por apenas três horas, a região dos Jardins se sente uma pequena parte da França: bebe-se muito champanhe, são servidos canapés refinados, modelos desfilam Christian Dior e Kenzo, e o paulistano, no lugar de tropeçar nos buracos das calçadas, anda sobre carpete. É o Promenade Möet & Chandon, inusitada homenagem ao ?fim da colheita da uva na região da Champagne?, que toma conta domingo, entre 19 e 22h, do pedacinho chique dos Jardins, aquele cercado pela Oscar Freire, Bela Cintra e Haddock Lobo.Pelo fato de a colheita não ter nada a ver com o calendário do Brasil ? ou talvez por isso mesmo ?, a organização sempre sugere outro tema para acompanhar a degustação do célebre vinho espumante francês. Neste ano é ?Möet & Fashion? ? no ano passado o mote foi ?Sedução?; em 1998, ?Despertar os Sentidos?; e em 1997, ?Colheita da Uva?.Foram distribuídos 8 mil convites, mas a organização espera atrair 5 mil pessoas, que, entre uma taça e outra da bebida, podem acompanhar desfiles de moda e assistir aos shows da atriz Marília Pêra, que interpreta as canções do espetáculo Estrela Tropical, e do grupo de música eletrônica Orquestra Eletrônica Universal, com seus 16 integrantes.Quem não tiver a sorte de receber um convite tem como ?prêmio de consolação? assistir às atrações que ocorrem na rua ? só que sem direito às cobiçadas borbulhas, que são servidas apenas dentro das lojas.?Montamos uma passarela na Oscar Freire para um resumo das novas coleções de 11 grifes da região, incluindo Christian Dior, Kenzo, Lita Mortari e Beneducci, com trilha sonora do DJ Felipe Venâncio?, adianta Cacá Ribeiro, o organizador da festa.A entrada de Marília Pêra está prevista para as 21 h. No repertório, canções de Carmen Miranda, Tim Maia e Jorge Ben Jor. ?Haverá ainda happenings com mágicos, malabaristas e manequins vivos?, conta Ribeiro.Nesta quarta edição, são 30 lojas do pedaço que fazem parte do ?roteiro fashion-gastronômico?, 12 a mais que no ano passado. Os lojistas oferecerão champanhe e petiscos, aproveitando a oportunidade para vender seus produtos. Algumas lojas lançarão coleções especiais, como o designer de jóias Antonio Bernardo, que apresenta uma nova coleção de diamantes lapidados. A artista plástica francesa Clara Halter criou para o evento a escultura Ovo da Paz, que está na vitrine do Pavillon Christofle. O público pode escrever mensagens de paz em pequenos bilhetes, que depois serão enviados a Paris e inseridos em um muro de vidro, criado pela artista, na esplanada da Torre Eiffel. A H. Stern lança seus twinkles, jóias de ouro e brilhante feitas para os dentes. Já a Cartier exibirá os ícones e logotipos de sua história em canetas, relógios e anéis.O circuito gastronômico da região também se preparou para a Promenade. Os cardápios foram desenvolvidos com ingredientes que apresentam afinidades com o champanhe. Alguns pratos serão preparados com a própria bebida. O Le Chef Rouge trará ostras gratinadas ao zabaione com espinafre e fettuccine ao creme de champanhe com ovas de lompe e salmão. Já o Café Antique traz em seu menu foie gras de canard em feuille verte. Por fim, o Fasano vem com costela de cordeiro recheada com fígado de ganso fresco e raviolini de pato ao molho suave de laranja.

Agencia Estado,

21 de outubro de 2000 | 11h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.