Projeto Vitrine Cultural, para atender grupos sem apoio

Será lançado hoje o Projeto Vitrine Cultural, que visa a atender companhias teatrais com poucos recursos e sem patrocínios. A iniciativa é do Centro Cultural Grupo Silvio Santos, que vai ceder o Espaço Vitrine do Teatro Imprensa para atender a demanda tanto de artistas quanto de espectadores, que poderão assistir às peças em cartaz em troca de uma obra literária ou um agasalho em bom estado por um ingresso. Assim que forem definidas as instituições que serão beneficiadas com as doações, seus nomes serão divulgados no site oficial do Centro Cultural, que no momento está fora do ar porque passa por uma reformulação. Na estréia de hoje, o público poderá conferir o espetáculo ´poético-musical´ Rapsódia dos Divinos, construído com base em textos literários brasileiros e portugueses. As próximas peças, que serão apresentadas sempre às quartas-feiras, às 21 horas, são A Pomba Enamorada, baseada no conto homônimo de Lygia Fagundes Telles, e O Barril - Uma Comédia Filosófica, que conta a história dos pensamentos de uma mulher antes de se atirar numa catarata a bordo de um barril. "Ficaremos com esses três espetáculos no cartaz até o dia 23 de agosto. Depois disso, vamos analisar a verba disponível para realizar outras produções de projetos que já estamos recebendo", conta Cintia Abravanel, diretora do Centro Cultural. O Vitrine Cultural quer abrir suas portas a trabalhos que prezem a qualidade. "Não importa se os espetáculos já estão em cartaz em outros teatros da cidade nos outros dias. Só não vamos conseguir trazer aqueles que exigem um espaço maior por causa do cenário ou outros adereços. Mas acredito que, em breve, conseguiremos ampliar o que temos disponível agora", diz Cintia. Os interessados em enviar projetos de ocupação para o início de setembro devem ligar para o tel. 3241-4203 e falar com Enes. E os que desejam assistir a bons espetáculos devem correr, pois são apenas 50 lugares. Rapsódia dos Divinos. Espaço Vitrine do Teatro Imprensa. R. Jaceguai, 400. Hoje, às 21 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.