Projeto propõe reforma de edifício no Centro de SP

Revitalizar um trecho do Centro de São Paulo, entre as ruas da Assembléia e do Carmo, é o que propõe um projeto que está em tramitação no Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico e Ambiental (Compresp). A idéia é restaurar o Conjunto Cristo Rei, situado na rua Silveira Martins e construído no início do século passado, além de reaproveitar o espaço ocupado pelo imóvel."Uma transformação daquela área traria de volta ao centro elementos como lazer, áreas de convivências, serviço, tornando a região novamente atrativa", avalia a arquiteta Cecília Vicente de Azevedo, autora do projeto.Segundo ela, o projeto vai ao encontro da proposta da Associação Viva o Centro, que também tem por objetivo revitalizar a área central da cidade, e já foi aprovado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat). De acordo com o Compresp, o projeto está sendo estudado e a avaliação final deve sair por volta do dia 20 de novembro. Esta é a segunda vez que a proposta é encaminhada ao Compresp para aprovação. Em setembro, o órgão reprovou o pedido alegando que traria riscos à conservação do imóvel. Cecília discorda. "De maneira nenhuma vamos comprometer a estrutura original das frentes do Cristo Rei. Na verdade, o Compresp não explicou especificamente qual seria o problema com o projeto para que discutíssemos alternativas. Por isso, o enviei novamente para avaliação", diz.O conjunto abriga hoje, em seus 24 andares, escritórios comerciais e apartamentos residenciais. Com a reforma, o imóvel passaria a contar com uma praça, área de alimentação, dois centros culturais, um museu que recriaria a arquitetura de uma residência da época e mais um edifício misto de 25 andares. Toda a fachada do Conjunto Cristo Rei seria preservada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.