Programa duplo de John Ford no TCM

Patrulha de Segurança

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2010 | 00h00

14H15 NO SBT

(Safety Patrol). EUA, 1997. Direção de Savage Steve Holland, com Bug Hall, Leslie Nielsen, Lainie Kazan.

Bug Hall faz sujeito atrapalhado que sempre sonhou ser patrulheiro, na frente de uma escola. Quando finalmente consegue o posto, há um problema - claro - e o diretor do estabelecimento resolve pedir sua transferência. Dá para rir um pouco, com Leslie Nielsen mais do que com o protagonista. Mas, no geral, é uma comédia sem graça. Reprise, colorido, 107 min.

Bebês Geniais 2 - Super Bebês

15H40 NA GLOBO

(Super Babies - Baby Geniuses 2). Alemanha/Inglaterra/EUA, 2003. Direção de Bob Clark, com Jon Voight, Scott Baio, Vanessa Angel, Skyler Shaye, Justin Chatwin, Peter Wingfield.

Superbebê dotado com QI de gênio ajuda grupo de crianças que está sendo explorado por empresário ganancioso. Jon Voight, pai de Angelina Jolie, teve um começo de carreira glorioso, mas, ao contrário de Dustin Hoffman - com quem dividiu a cena no clássico Perdidos na Noite, de John Schlesinger -, ele se mantém ativo nos últimos trabalhando em filmes sem importância, como este. Reprise, colorido, 88 min.

Piratas do Caribe - O Baú da Morte

22H05 NA GLOBO

(Pirates of the Caribbean 2). EUA, 2006. Direção de Gore Verbinski, com Johnny Depp, Orlando Bloom, Keira Knightley, Jack Davenport, Bill Nighy, Jonathan Pryce.

Pode ser mera coincidência, mas a Globo revela senso de oportunidade ao programar um dos filmes da série Piratas do Caribe - o segundo - quando acaba de estrear o novo blockbuster do superprodutor Jerry Bruckheimer, inspirado no game O Príncipe da Pérsia. Na trama, Jack Sparrow, isto é, Johnny Depp tenta saldar uma dívida com o capitão do assombrado Navio Fantasma. Para isso, tem de localizar - e recuperar - o baú do título. A mistura de ação, humor e efeitos quebrou a escrita de que as aventuras nos mares não mais interessavam ao público. Um quarto filme da série está em produção, com o reforço de Penélope Cruz no elenco. Reprise, colorido, 145 min.

O Céu de Suely

2H10 NA GLOBO

Brasil/Alemanha/França, 2006. Direção de Karim Aïnouz, com Hermila Guedes, Georgina Castro, Maria Menezes, João Miguel, Zezita Matos, Mateus Alves.

Um dos mais belos filmes brasileiros dos últimos anos. Hermila Guedes volta para a cidade do Nordeste em que nasceu. Ela espera um homem que não vem, rejeita o antigo namorado e, numa tentativa extrema de adquirir recursos para (re)começar a vida, rifa o próprio corpo. Tudo isso é narrado minimalisticamente, com sutileza. A atriz é maravilhosa e o desfecho é lindo, embora muita gente possa considerá-lo um anticlímax. Reprise, colorido, 90 min.

Amanhã

A emissora exibe amanhã, no Intercine, o preferido do público entre - Casanova, de Lasse Hallström, com Heath Ledger no papel do famoso conquistador e Sienna Miller e Lena Olin são algumas de suas mulheres (EUA, 2005, fone 0800-70-9011); e O Chacal, de Michael Caton-Jones, com Bruce Willis, Richard Gere, Sidney Poitier e Diane Venora, remake do filme famoso de Fred Zinnemann (O Dia do Chacal), nos anos 1970; trata da caçada a terrorista que se vale de disfarces para trocar de identidade (EUA, 1997, fone 0800-70-9012).

TV Paga

Legião Invencível

22 H NO TCM

(She Wore a Yellow Ribbon). EUA, 1949. Direção de John Ford, com John Wayne, Joanne Dru, John Agar, Ben Johnson, Harry Carey Jr., Victor McLaglen, Mildred Natwick.

Um dos clássicos da trilogia da Cavalaria do mestre Ford, o filme integra a programação especial com que o canal homenageia o grande diretor, nas segundas-feiras de junho. John Wayne faz oficial que não aceita a própria aposentadoria, empenhado em que está em evitar um massacre dos índios. O herói chama-se Nathan Brittles e são famosas as cenas em que vai ao cemitério para conversar com a ex-mulher, que morreu. Esses solilóquios foram repetidos por outros diretores, mas nunca com a grandeza que lhes atribui o Homero de Hollywood, como Ford era chamado. Reprise, colorido, 103 min.

Prisioneiro da Ilha dos Tubarões

23H50 no TCM

The Prisioner of Shark Island). EUA, 1936. Direção de John Ford, com Warner Baxter, Gloria Stuart, Claude Gillingwater, Harry Carey, Charles Ford.

Outro clássico de Ford, e menos conhecido, embora seja exemplar pela maneira como desenvolve um dos temas favoritos do mestre - a grandeza dos derrotados. Conta a história do Dr. Samuel Mudd, que foi preso e condenado por conspiração, apenas por haver tratado do assassino do presidente Abraham Lincoln. Desterrado na ilha do título, ele termina salvando as vidas de muita gente quando uma epidemia irrompe no local. A atriz Gloria Stuart fazia a personagem de Kate Winslet quando velha em Titanic, de James Cameron. Charles Ford era irmão do diretor e foi quem o levou para o cinema. Reprise, preto e branco, 96 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.