Professora que cortou língua de aluno é suspensa por 2 meses

Uma professora italiana que cortou alíngua de um aluno desobediente com tesoura recebeu umasuspensão de dois meses e foi multada em mais de 7 mil eurospor um tribunal de Milão na terça-feira, informaram advogados. Mas o tribunal considerou que a professora Rosa Scilibertonão cortou intencionalmente a língua do aluno de 7 anos parasilenciá-lo --como a polícia e promotores argumentaram. "Fiquei chocado com a sentença", disse o promotor MarcoGhezzi à mídia italiana. "Estou esperando para ler asmotivações e, se não ficar convencido, vou apelar." A defesa argumentou que o corte, ocorrido em fevereiro, foiapenas um acidente, parte devido à hiperatividade da criança. O estudante teve que ser levado a um hospital para tomarcinco pontos. Desde então, Sciliberto foi retirada de sua função naescola primária em Milão, mas um advogado da empresaresponsável pelo caso disse que ela pretende voltar a lecionarum dia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.