Produtores brasileiros se apresentam à Disney em NY

Como a Buena Vista International alegou que faltam produções nacionais compatíveis com a qualidade de seus canais, e pediu à Ancine que seja dispensada de exibir conteúdo nacional na faixa nobre, como manda a nova lei da TV paga, uma fila de produtores brasileiros promete se colocar à disposição da Disney na Kidscreen, feira de TV infanto-juvenil que vai de 5 a 8 de fevereiro, em Nova York.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

24 de dezembro de 2012 | 04h35

Produtores que já tentaram contatar a Disney no Brasil para oferecer seus produtos costumam passar de e-mail a telefonema, sem encontrar qualquer figura física que se responsabilize por conteúdo da Disney no País. Diferentemente de grupos como Turner, HBO, Fox ou Discovery, a Disney só mantém no Brasil representantes para comercializar seus intervalos. E, no entender da Ancine, são justamente os intervalos comerciais que determinam, mais que qualquer outro critério, o cumprimento de cotas.

Brazilian Producers. O encontro entre Disney e produtores nacionais em Nova York faz parte da manifestação da Associação Brasileira de Produtoras Independentes (ABPITV) - no exterior, Brazilian TV Producers (BTVP) - ao pedido do grupo. Nessa Kidscreen, a ABPITV leva a Nova York 35 profissionais que representam 22 empresas. Em carta à Ancine, a ABPITV cita uma série de títulos nacionais que estão no ar em canais da Discovery, Turner e Viacom, como Peixonauta, Meu Amigãozão, Sítio do Picapau Amarelo, Escola Pra Cachorro e Julie & Os Fantasmas (indicado ao Emmy), o que só endossa a boa safra infantil do País.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.