Thai Navy Seal / AP
Thai Navy Seal / AP

Produtora americana deverá adquirir direitos de história dos meninos da caverna na Tailândia

Empresa tailandesa que tem os direitos de imagem dos resgatados anunciou que acordo com empresa de Hollywood deverá ser assinado ainda este mês

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de março de 2019 | 05h19

BANGOC - Uma produtora de Hollywood deverá adquirir os direitos sobre o resgate dos 12 meninos e do treinador de futebol em julho de 2018 de uma caverna parcialmente alagada na Tailândia. A história poderá se transformar em uma série ou um filme, segundo informações divulgadas nesta sexta-feira, 8, por fontes oficiais.

A "13 Tham Luang", empresa tailandesa que tem os direitos de imagem dos resgatados, afirmou que deve assinar um acordo ainda este mês com a "SK Global Entertainment", responsável por filmes como "Podres de Ricos" (dirigido por Jon M. Chu) e "Going Places" (John Turturro).

A companhia, que responde ao governo tailandês, disse que o acordo deverá ser para a exibição da produção na plataforma Netflix.

Os 12 meninos, com idade entre 11 e 16 anos, e seu tutor, de 26, entraram em uma caverna em Chiang Rai, no norte da Tailândia, no dia 23 de junho do ano passado depois de um treino de futebol e foram localizados nove dias depois.

Todos eles foram resgatados em uma complicada operação de salvamento através das galerias parcialmente inundadas da caverna. A ação chegou ao final no dia 10 de julho. \ EFE

Tudo o que sabemos sobre:
Tailândia [Ásia]caverna

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.