Reuters
Reuters

Produtor de 'Two and a Half Men' insinua livro revelador sobre Sheen

Chuck Lorre não superou a briga com o ator, e parece empenhado em difamá-lo publicamente

REUTERS

27 de setembro de 2011 | 18h49

NOVA YORK - Nem toda roupa suja entre o ator Charlie Sheen e o produtor Chuck Lorre já foi lavada publicamente.

 

Lorre, criador da série Two and a Half Men e alvo de uma saraivada verbal de Sheen neste ano - fato que culminou com a demissão do ator da série -, insinuou na segunda-feira que está preparando um livro revelando detalhes sobre a rusga.

 

Também na segunda-feira, o estúdio Warner e a rede CBS anunciaram um acordo de 100 milhões de dólares para que Sheen suspenda a ação judicial que havia movido contra os ex-patrões.

 

Mas Lorre não parece tão disposto a esquecer o episódio. Em uma "cartela" - recurso habitual dos produtores do programa para passarem recados aos espectadores - exibida ao final do episódio de segunda-feira, Lorre falou sobre o caso. "Em algum momento do último ano, percebi que havia me tornado um participante involuntário em um reality show", dizia a cartela.

 

"Por muitos meses, fiquei torcendo e rezando para que isso acabasse. Mas não acabou. No caminho, algo dentro de mim morreu. Agora, de repente, sou informado de que o reality show foi cancelado. Aparentemente, foi só uma dessas coisas que de alguma forma ficam fora de controle... E tudo bem. Estou bem com isso. Sim, por favor, vamos todos seguir adiante. Só tem um problema. Essa coisa dentro de mim que morreu? Ela acorda toda noite. Ela está furiosa. Ela está faminta. E pior de tudo: ela está escrevendo um livro que conta tudo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.