Prodígios

Saturno retoma a progradação; a Lua começa a minguar no signo de Capricórnio.

Oscar Quiroga, O Estado de S.Paulo

30 de maio de 2010 | 00h00

Enquanto nossa humanidade, por puro medo, profetiza e deseja catástrofes de magnitude apocalíptica, o verdadeiro espetáculo será de prodígios. As maravilhas que testemunharemos são oferecidas sob o patrocínio do Altíssimo, em cujo corpo nos movimentamos e experimentamos ser. Ante a percepção direta e indiscutível desta realidade, aquilo que até aqui foi importante se torna irrelevante e mesquinho, esta é a verdadeira natureza do desastre que nossa humanidade teme e deseja ao mesmo tempo. Contudo, não há mais como voltar atrás, o processo responde ao anseio da humanidade que ao longo de milhares de anos elevou orações e evocou respostas do lado de lá, do mundo em que os Mestres servem ao plano de forma incansável.

ÁRIES 21-3 a 20-4

O que antes era apenas promessa começará a converter-se em fato consumado. Por isso, as promessas falsas vão tornar-se evidentes e você não perderá mais tempo com elas. Ao mesmo tempo, o que for real se concretizará.

TOURO 21-4 a 20-5

O entusiasmo do início terá de dar lugar ao sistemático esforço que preserve tudo em andamento até a conclusão. Esta parte não será tão efusiva quanto a anterior, mas tudo tem seu tempo certo entre o céu e a Terra.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Ficar sempre dentro do esquema do que for seguro fazer é a melhor forma de ficar aquém do desejável. A partir de agora você poderá fazer uso de maior ousadia, nem que seja para experimentar algo novo.

CÂNCER 21-6 a 21-7

A partir de agora leve sua vida mais a sério do que normalmente, porque seus pés atingiram o ponto do caminho onde vários assuntos se resolvem, o que requer uma atenção redobrada de sua parte. Valerá a pena.

LEÃO 22-7 a 22-8

Agarrar-se às razões que preservam os conflitos em andamento seria o mesmo que encerrar sua alma dentro de limitações que impedem a promoção de melhores relacionamentos. Questionar suas certezas é propício.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Tornar-se consciente das limitações é a maneira mais segura de superá-las. Fingir que essas condições podem ser deixadas para depois é a melhor maneira de torná-las mais constrangedoras a cada dia que passa.

LIBRA 23-9 a 22-10

Faça tudo às claras, contando que, talvez, do outro lado não seja o mesmo. Porém, agora não é momento para tentar fazer o que seja mais adequado, mas o que precisa ser feito para que todo mundo seja mais livre.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Conhecer alguém só pode resultar de convivência e de tempo. Ainda que intuitivamente você compreenda um pouco da natureza de alguém, as pessoas, na prática, costumam ser contraditórias e paradoxais.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

A partir de agora você terá de compartilhar seu caminho com muitas outras pessoas. Antes isso era apenas uma sugestão, agora se transformou em obrigação. Por isso, pense menos em si e mais nos seus semelhantes.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Aos trancos e solavancos prossegue o destino, não porque essa seja sua natureza, mas porque aqui na Terra nossa humanidade sempre está distraída, como se a banalidade fosse sempre mais importante do que o real.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Elimine o excesso de medo que tingiu suas decisões nos tempos passados. Ainda que o futuro continue incerto e isso provoque temor, os conselhos que o medo ofereceria resultariam em atitudes aquém das necessárias.

PEIXES 20-2 a 20-3

Que tudo seja às claras e de acordo com a necessidade! Para que continuar empurrando a um futuro incerto o que você poderia muito bem enfrentar agora? Logo você precisará de maior margem para manobrar com inteligência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.