Reuters
Reuters

Problema na próstata fez Depardieu urinar em avião, diz amigo

Edouard Baer, amigo e companheiro de profissão que viajava com o ator, afirmou que Depardieu pediu desculpas aos passageiros

Daniel Flynn, REUTERS

19 de agosto de 2011 | 16h12

PARIS (Reuters) - O ator francês Gérard Depardieu foi humilhado e pediu desculpas aos passageiros de um avião quando problemas na próstata o forçaram a urinar diante deles, no corredor, antes de um voo da Air France decolar esta semana, disse um amigo dele.

O ator Edouard Baer, um amigo que viajava com ele no voo com destino a Dublin, disse que Depardieu, de 62 anos, chegou a tentar urinar em uma garrafa de água depois que uma aeromoça lhe negou permissão para ir ao banheiro. Os dois iam participar da filmagem do último filme da série Asterix e Obelix.

"É que a garrafa era muito pequena. É verdade que transbordou", disse Baer à rádio Europe 1. "Ele ficou embaraçado. Queria limpar... Foi muito humilhante e desagradável para ele. Ele obviamente fez muma grande cena (dizendo) que 'mijou' em si mesmo."

O incidente veio à tona na quarta-feira, quando um passageiro do voo Paris-Dublin disse à rádio francesa que Depardieu, astro de filmes como Jean de Florette e Green Card, parecia estar bêbado e tinha urinado no corredor durante a decolagem, quando os passageiros têm de permanecer sentados.

O fato ocorreu na terça-feira no voo AF5010, operado pela CityJet, uma subsidiária da Air France, que foi forçado a retornar ao terminal, onde uma equipe de limpeza entrou no avião para limpar o carpete. O voo partiu com atraso de 1 hora e 15 minutos, disse um porta-voz da companhia aérea.

"Mesmo que meu amigo Gérard tenha causado ofensa, ninguém ficaria feliz por ter problemas na próstata e ser obrigado a urinar", disse Baer. "Gérard queria explicar às pessoas no avião, então ficou furioso, o que posso entender, mas ele não perdeu a cabeça. A aeromoça é que foi zelosa demais, e então ele tomou o próximo avião. Não houve problema."

Depardieu é um dos atores franceses mais conhecidos no exterior. Fez mais de 100 filmes, incluindo as séries Asterix.

Ele ganhou um César de melhor ator -- o equivalente francês ao Oscar -- por sua interpretação no filme Cyrano de Bergerac, de 1990.

Tudo o que sabemos sobre:
GenteDepardieuAvião

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.