Primavera dos Livros faz balanço

A segunda edição da Primavera dos Livros, feira que reúne principais editoras de pequeno e médio porte, terminou no domingo, no Rio, com um público recorde: mais de 12 mil pessoas passaram no Armazém do Rio, que compraram mais de 15 mil livros. Em comparação ao ano passado, as vendas representaram um aumento de 50% e o destaque foi a grande procura por livros infantis. Na primeira versão, foram vendidos cerca de 10 mil títulos e o público ficou em torno das 10 mil pessoas. A Primavera dos Livros ganhará uma versão paulista. O evento ocorre de 18 a 20 de outubro no Centro Cultural São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.